21 de outubro de 2015

Entrevista do Dia: Batalhista de Hip Hop que já Viajou Mundo Afora


Olá meninas, tudo bem com vocês? Fazia algum tempinho que eu não postava entrevistas no blog, certo? E esse é um assunto que vocês sempre me pedem para atualizar :D Pois bem, como já sabem devido ao post anterior, há alguns dias atrás estive presente em um evento chamado "Bento em Dança" e como vocês já sabem, qualquer lugar que eu passo sempre serve para eu ter uma ideia aqui, outra ali, haha. Mentes criativas sempre estão alertas. Mas enfim, voltando ao foco do post haha Eu tive a ideia de sempre nesses festivais que eu for, escolher um bailarino ou bailarina para dar entrevista aqui no blog e contar suas experiências para nós. Cada entrevista vai ser com alguém de um estilo de dança diferente, pois é sempre legal conhecermos todas as diversidades, não? A entrevista de hoje por sua vez, é com o gaúcho Pedro de 27 anos que é batalhista, jurado e professor de Hip Hop aqui e em alguns lugares fora do país também. (Oh!) Eu conheci o mesmo no evento na qual mencionei e convidei ele para dar uma entrevista aqui pra gente, vamos conferir o que rolou nas perguntinhas? Bora lá!


1- A dança é algo que faz muito bem para nossa mente e espiríto e pelo que vejo, sua vida gira em torno da mesma. Mas conta aqui pra gente: O que você curte fazer quando não está dançando ou competindo?

R: Na verdade quase tudo que eu faço estou pensando na dança, se trabalho é pra conseguir dinheiro pra alguma viagem, faço exercícios pro meu corpo ficar forte pra dançar,me alimento pensando em Breaking, durmo pensando em Breaking. Mentalmente estou sempre dançando.


2- Infelizmente esse negócio de preconceito com homens que dançam ainda nos dias de hoje existe, especialmente no ballet. No Hip Hop também rola esse tipo de preconceito?

R: Em tudo na vida você pode encontrar algum preconceito, pois o preconceito não está nas nossas ações e sim na cabeça das pessoas. Já sofri muito preconceito por minha arte ser marginalizada mas algumas pessoas mais tradicionais acham que homem não deve dançar. Em tudo que você fizer vai encontrar algum pré conceito de alguns. Mas eu prefiro enxergar o lado das pessoas que se identificam com o meu trabalho. Que elogiam, ou as crianças que desenham no seus cadernos o símbolo do meu grupo pois admiram o que nós fazemos...


3- Você me contou que já viajou para alguns lugares fora do país a trabalho. Quais foram esses lugares e quais deles você mais gostou de conhecer?

R: Eu fui pro Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai, Itália, Suíça, Alemanha e Eslováquia dançar. Mas também passei por Áustria e República Tcheca. Cada lugar te dá um aprendizado e uma história distinta, não saberia dizer qual foi melhor, as coisas deram mais certo quando fui na Itália e na Suíça há alguns meses.


4- Nem tudo são flores na vida. No começo da tua carreira, já passou por alguma dificuldade? O que aprendeu com ela?

R: Passo até hoje. Ja durmi na rua em eventos, já passei fome em viagens, já fui humilhado por outros dançarinos mais experientes, etc. Acho que o aprendizado é que se eu aguentei mais essas então a responsabilidade de nunca desistir é ainda maior.


5- As garotas assediam muito você? Como você lida com tudo isso? A propósito, deixa seu instagram porque com certeza vou receber emails me cobrando isso. (Risos)

R: Não... É bem normal. Tem pessoas que curtem meu trampo e chegam de boa pra trocar uma idéia. Eu nem ia curtir esse lance de ídolo acho que todos nós somos pessoas iguais com habilidades diferentes, meu insta é @pedrinhofesta mas eu prefiro que sigam @nestpanos que é o insta do nosso coletivo que acho que mesmo com poucas fotos minhas ele diz mais quem sou eu.

6-  Parabéns por sua humildade, essa é uma característica que realmente está em falta hoje em dia. E por último, qual o conselho que você daria para a galera que está começando e quer ter uma carreira sólida nesse ramo futuramente?

R: Treinem, acreditem e sejam persistentes... O décimo maior advogado da minha cidade é rico, talvez o melhor dançarino do meu estado possa estar precisando fazer um corre pra comer amanhã. A dança é ingrata financeiramente falando. Mas a gratidão dela vem de outras formas e vivências.


E aí, meninas? Quero saber se a entrevista de hoje está aprovada? Hahaha Foi muito divertido a experiência e agradeço ao Pedro pela gentileza e simpatia ao responder as perguntas. Muito sucesso pra ti em tua carreira mundo a fora, viu?! Espero que tenham gostado, meninas e caso queiram conhecer mais sobre a vida do coletivo na qual Pedro faz parte, não deixem de visitar agora o site dos garotos: http://www.nestpanos.com/  tem muitas coisas legais por lá que tenho certeza que vão gostar! Ele também faz parte do grupo Footwork Squad. Beijinhos e até a próxima! <3

14 comentários:

  1. Adorei seu post e seu blog flor,
    Parabéns e sucesso :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andreza, fico feliz que tenha gostado de tudo :D Muito obrigada! Sucesso pra ti também!

      Excluir
  2. Acho maravilhoso todo tipo de dança mas tenho uma certa paixão a mais pelo estilo do Pedro, os movimentos são tão perfeitos e como ele falou, a dança pode ser ingrata financeiramente mas o bem estar que ela trás... Digo por mim mesma que não sei dançar nada mas quando vou para festas e tal não dou bola pois eu realmente curto! Parabéns http://valeumasnao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza a dança é uma das coisas que mais fazem bem pra gente e os benefícios dela são incontáveis! Que bom que gostou da entrevista, Lívia :D

      Excluir
  3. Adorooo, fiz anos de hip hop mas hoje só estou com o ballet e jazz ♥

    beijos


    www.oibiscoito.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, poxa que legal! Deve ser muito bom ter experiência assim em vários tipos de dança diferentes :D

      Excluir
  4. Obrigado pela oportunidade sempre que precisar estamos aqui. Parabéns pelo Blog. Deixo o site do coletivo também www.nestpanos.com .
    Pedrinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, eu que agradeço a gentileza e simpatia. Conte comigo se precisar de algo também :]

      Excluir
  5. Que temática bacana que você abordou. Gostei muito da entrevista. Parabéns pelo Blog!

    Blog
    Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber disso *-* Muito obrigada ♥

      Excluir
  6. Desculpa por não responder seu comentario lá no meu blog ;) adoro ver dança de rua é diferente mas enfim gostei do post bjos www.tudoazul-01.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei a entrevista desse cara! Procuro historias de pessoas que viajam o mundo trabalhando no que gosta e gostaria muito de repostar no meu blog, mas com seus créditos, claro. Por favor responde meu e-mail solicitando isso.
    Fico no aguardo!
    http://www.geracaowireless.16mb.com
    poolsantos@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou falar com o Pedro e lhe dou um retorno por email, certo? Obrigada pelo interesse!

      Excluir

Obrigada pelo carinho *-*