6 de fevereiro de 2013

S.O.S Adolescência - Síndrome de Borderline


Bem hoje, vamos tratar de um assunto DELICADÍSSIMO. Essa síndrome trata-se de um pensamento embaralhado que a pessoa tem sob o sofrimento. Quem tem isso acredita que a dor física tem que ser maior que a dor emocional, para que a dor emocional seja "aliviada". 
Bom, eu tenho um amigo que tinha essa síndrome e vou contar á vocês como ajudei ele e hoje ele não sofre mais com isso *0* . 
Primeiramente eu acho muito idiota e imaturo quem ri de pessoas assim, essas pessoas precisam de tudo , MENOS de deboche.
Se você conhece alguém assim, sente e converse seriamente com a pessoa, mostre os braços da pessoa á ela mesma, faça ela enxergar como ela mesmo está se acabando e acabando com todos de sua volta, mas faça isso com cautela para a pessoa não se sentir culpada demais.
Segundo passo é levar a pessoa que sofre dessa síndrome á aceitação de que se cortar é um problema e não a solução deles (essa é a parte mais difícil, mas não desista ;s ).
Logo depois, convença a pessoa á ir em um psicológo e com o tempo, convide-a para pegar uma sacola e eliminar todas as lâminas e objetos cortantes de sua casa. Substitua as facas por facas sem ponta. Quem tem esse problema sente-se tentado ao ver até mesmo uma tesoura, então elimine tudo mesmo.
Se a pessoa seguir todos os passos á cima, aos poucos ela vai recuperando o dissernimento, com a ajuda também de remédios , obviamente.
Eu fico muito feliz em ver meu amigo fora daquele poço sem fim. Ajudem quem precisa, a sensação é indescritível e jamais, jamais mesmo, desista de quem você ama.








23 comentários:

  1. Nossa, não sabia que existia essa síndrome :/
    deve ser barra quem tem isso!
    http://manguitarosa.blogspot.com.br/
    beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o propósito dessa sessão, mostrar problemas que podem surgir na adolescência mas que muitos são ignorados ou pouco conhecidos. Beijinhos

      Excluir
  2. Oi, que lindo o blog. Eu acho que eu já vim aqui no blog outras vezes, mas essa eu tive que comentar algo. Você está de parabéns.
    Estou passando aqui para dizer também, que tem post novo e que dia 15 o blog está fazendo 2 anos e vai terá um grande sorteio.
    Se quizer me seguir lá, é só avisar que eu sigo de volta.
    Beijos,

    Blog: www.junhiimce.com

    ResponderExcluir
  3. OLá Mari,estou passando para retribuir a visitinha e aproveitando para seguir seu blog.

    beijokas

    ResponderExcluir
  4. Oi querida vim retribuir sua visita amei obrigada pelo carinho.
    Achei este post muito interessante, não conhecia está síndrome.
    Gostei de tudo aqui e estou seguindo.
    Bjokinhas
    http://catiarosaantenada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada mesmo, volte mais vezes, beijos

      Excluir
  5. Isso é realmente algo muito sério. Eu já sofri dessa "Síndrome", até que vi um Documentário Da Demi Lovato e percebi que era tudo uma coisa psicológica de coisas que eu nem me lembrava, mas que ainda sofria por causa delas.
    Mas enfim, já me recuperei. E sou feliz com tudo o que me acontece, aprendi a ver tudo com um lado bom.

    ResponderExcluir
  6. Legal o post. Essa doença é super triste, e cada vez mais comum entre adolescentes ://
    Amei seu layout e o nome do seu blog hehe
    Beijãao.

    -
    www.frommewithluv.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, mt obrigada e volte sempre, beijos

      Excluir
  7. Olá jovem ! :D
    Estou te seguindo ok? segue de volta?

    http://heimjovem.blogspot.com.br/

    estamos te esperando lá!!!

    beijos.

    ResponderExcluir
  8. Obrigada por seguir linda, eu também já estou a seguir.
    adorei o teu blog.
    beijo
    http://mysimplelife10.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. Nossa eu nao conhecia essa sindrome, nossa e isso eh muito serio, ja pensou a pessoa se cortar fundo e acabar cortando alguma artéria. Parabens por ter ajudado o seu amigo flor

    bjxxxxxxxxxxxxxx

    http://intheskiess.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse meu amigo já chegou a fazer isso e ser internado por dias no hospital, por isso que eu disse essas pessoas precisam de apoio e pessoas que não desistam delas e claro ajuda profissional!

      Excluir
  10. é sempre bom agente si aprofunda nesses assuntos .
    http://intenselif.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. eu ja me cortei, apesar de nao ter a sindrome tenho outras coisas que me levaram a me cortar. mas hoje em dia eu nao faço mais isso nao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem depressão? Bem provável que seja o próximo tema de S.O.S, beijinhos e se cuide !

      Excluir

Obrigada pelo carinho *-*